Cartório

Nosso Código de Compliance

Nossas filosofias

MISSÃO
Prestamos serviços notariais, registrais e de protestos, obedecendo a legislação, com rapidez e eficiência, garantindo a segurança jurídica e satisfação dos nossos usuários e colaboradores.

VISÃO
Sermos reconhecido como cartório modelo no Estado, pela excelência da prestação de serviços com qualidade, primando pela segurança dos negócios jurídicos e a prestação dos serviços humanizados e personalizados.

VALORES
Ética: Agir com honestidade, respeito, impessoalidade, moralidade e transparência, zelando pela igualdade de tratamento aos usuários.
Segurança: Garantir aos usuários segurança jurídica em seus negócios.
Dignidade: Zelar pelo meio ambiente do trabalho e para valorização da atividade notarial, de registro e de protestos.
Comprometimento: Ter responsabilidade no que faz, comprometendo-se com os objetivos e as metas, sempre com profissionalismo.
 
 

Qualidade é nosso maior diferencial

Além da segurança jurídica, estamos a cada dia nos aperfeiçoando e inovando para melhorar a qualidade de nosso atendimento e prestação de serviços.

Atividade Notarial e Registral

Os Cartórios são as instituições mais CONFIÁVEIS do Brasil!

O Cartório Antônio Holanda é uma “Serventia Extrajudicial”, também denominada em algumas legislações estaduais de “Cartório Extrajudicial” que após a publicação da Constituição Federal do Brasil de 1988 passaram a ser reconhecidas como Serviços Notariais e de Registro.

Os Serviços Notariais e de Registro são os de organização técnica e administrativa destinados a garantir a publicidade, autenticidade, segurança e eficácia dos atos jurídicos exercidos em caráter privado, por delegação do Poder Público (Art. 236 Constituição Federal). A Serventia Extrajudicial é fiscalizado pelo Poder Judiciário sempre que necessário, ou mediante representação de qualquer interessado, quando na observância de obrigação legal por parte de notário ou de oficial de registro, ou de seus prepostos.

É importante frisar que para ser Tabelião ou Registrador nessa classe deve ser um profissional do direito, dotado de fé pública, a quem é delegado o exercício da atividade notarial e de registro (Art. 3º, Lei nº 8935/94). O ingresso na Atividade Notarial e de Registro depende da habilitação em concurso público de provas e títulos. Para o desempenho de suas funções os Titulares/Delegatórios os quais poderão, contratar como empregados, escreventes, dentre eles designando os substitutos e auxiliares, com remuneração livremente, ajustada e sob regime da Legislação do Trabalho (CLT).

Os titulares do Cartório Antônio Holanda foram:

1930 – Antônio Rodrigues de Holanda (Tabelião)

1958 – Francisco de Assis Timóteo de Souza (Tabelião)

1985 – Maria Dolores Lira de Souza (Tabeliã - atual)